.

.

domingo, 20 de novembro de 2011

ADMISSÃO DE CULPA?





Todos os interessados já devem ter dado uma olhadinha no trailer do mais novo jogo da Rockstar Games.
Sim, estou falando de Grand Theft Auto V.

O vídeo (http://www.youtube.com/watch?v=VjZ5tgjPVfU&hd=1), de aproximadamente 1 minuto e 25 segundos, nos mostra a bela cidade de San Andreas em todo o seu esplendor.

Lindos gráficos; todo tipo de pedestres caminhando pelas calçadas e belos automóveis decorando as vastas ruas da cidade.
Um verdadeiro convite ao parque de diversões que costumava ser GTA San Andreas.
Todos os fatores parecem convergir para o aparecimento de mais um grande game dessa empresa. Então, o que poderia estar errado? Será que o propósito deste texto é apenas apresentar ao leitor mais um jogo destruidor de salários ao final do mês?
Claro que não.

Para explicar meu ponto de vista, preciso voltar um pouco no tempo, mais precisamente ao dia 29 de abril de 2008.
Nesse dia, o game GTA 4 foi lançado, vendendo vários milhões de cópias apenas em seus três primeiros dias. Bateu vários recordes de venda e, com certeza, levou notas altíssimas em diversos sites especializados em jogos pelo mundo afora.

SEGUUURA, PEÃO!


Em janeiro de 2009, comprei a versão do game para PS3.
E nesse caso, se confirmou uma frase que eu sempre digo aos meus irmãos e amigos apreciadores de games: “o melhor review do mundo é quando eu estou sozinho em casa com o jogo rodando na minha frente”.
Achei GTA 4 tímido; de jogabilidade travada e com poucas novidades que justificassem a redução da área geográfica (um dos principais atrativos do jogo anterior, sem dúvida). Um primo franzino do San Andreas, pode se dizer.

Resumo da história: não gostei nem um pouco do GTA 4 e sua política de “menor e mais intenso”. Até mesmo porque nós, consumidores de consoles e PCs caríssimos, sempre esperamos jogos “maiores e mais intensos”, assim como nos é prometido toda vez que novos consoles ou placas de vídeo são lançados. Nada menos que isso.

Revistas especializadas da época se apressavam em dar notas 10 ao jogo, argumentando que o game sofreu alguns cortes (como a ausência de aviões) para se tornar mais denso; mais profundo.
Até hoje procuro encontrar onde está essa tal profundidade de GTA 4.  Ao meu ver, foram retirados alguns elementos que faziam o seu antecessor (o San Andreas) ser um dos jogos de videogame mais livres da história, e sem acrescentar nada do que eu achava que seria adicionado ao universo da série (como mais carros; melhor jogabilidade dos veículos e do combate com armas de fogo). Também não foram adicionados mais ambientes internos na cidade do game que, diga-se de passagem, é beeeeeeeem menor que o amado “estado” de San Andreas.



Agora, a Rockstar Games nos vem com essa atitude de “menino amarelo”, de fazer tardiamente o que todos já esperavam que fosse feito desde o primeiro jogo da série na nova geração: um jogo tão grande quanto o San Andreas; com mais veículos; mais missões; mais armas; mais tudo.



O belo trailer termina com a imagem de um avião sobrevoando a metrópole do jogo, deixando nos fãs da série aquele gostinho de “agora vai!” Seria essa uma tímida admissão de culpa?
Será que esse “agora vai” já não era pra ter ido há muito tempo? Será que GTA 4 vendeu horrores por causa da sua inegável qualidade ou por causa de seu nome forte de franquia consolidada? Difícil dizer.

Em minha opinião, esse voo vai sair com alguns belos anos de atraso, pois muitos jogos desse estilo sandbox foram lançados desde o sucesso do próprio GTA San Andreas.
E sem cortes de orçamento ou jogabilidade datada de 2005.

Apesar dos pesares, essa nova incursão da série promete, acima de tudo, ser um ótimo jogo que venderá milhares de cópias, pra felicidade geral da Rockstar Games.
Se vai ser por mérito ou por hype, só o tempo nos dirá.

GTA 5: PRONTO PRO QUE DER E VIER



Au revoir!


11 comentários:

  1. O problema das "revistas especializadas" é que elas são apenas propagandas das publishers para que agente compre o jogo do momento.

    Agora que eu saiba san andreas é um estado,e não uma cidade.

    Uma coisa que se deve levar em consideração é que gta4 foi o jogo mais caro ja feito(ate onde eu saiba).Embora os valores de produção do jogo sejam autos,é necessario indagar o quanto do valor foi investido no jogo em si,e não em propagandas e tudo mais.

    ResponderExcluir
  2. "...diga-se de passagem, é beeeeeeeem menor que o amado “estado” de San Andreas."
    usei as aspas pois, apesar de ser chamado de estado, as dimensões geográficas do game estão mais pra um bairro.

    ResponderExcluir
  3. Duas scoisas me fazem discordar da relevancia de suas afirmações:
    1-GTA 4 é um titulo consolidado por publico e"critica".Mesmo os fãs admitindo que o jogo ficou menor e pior em varios aspectos,muitos ainda justificam as atitudes da rockstar por diversos motivos.Então mesmo que vc veja gta 4 como um gta inferior ao antecessor(opinião em que eu concordo em muitos aspectos),a sua opinião vai de encontro ao que os jornalistas babaovos e o seu sequito de seguidores afirmam.
    2-Ainda que eles consigam colocar o estado de san andreas(que eu saiba até agora eu só ouvi o nome los santos,uma das cidades de san andreas) no jogo,ainda assim vai ser apenas um remake com graficos melhores que o antecessor.Me entristece o fato da "meta" do jogo ser se igualar a um jogo de 6 anos atras em termos de dimensões e mecanicas.

    ResponderExcluir
  4. Oi Shadow, é a Rebeca (que comentou lá no blog do Aquino).

    Você perguntou se eu tinha um blog e pediu pra te passar o link, mas vi que você já o tem na sua lista! É o Girls of War. Obrigada pela divulgação! =D

    E "favoritar" é colocar um blog/site na lista de favoritos do seu navegador, pra facilitar o acesso.

    ResponderExcluir
  5. Breno, confesso que não consigo entender o que você quer dizer. O motivo do post é justamente colocar pra fora a minha insatisfação com a postura da empresa em lançar um game (no caso do GTA 4) mais modesto quando sabia que todos esperavam por uma evolução do modelo que havia sido consolidado.
    GTA San Andreas é o ápice da série. Ou você vai discordar só pra ser do contra?
    Então, partindo dessa premissa, nada mais natural que aquele game sirva de base para a empresa saber o rumo que a série deveria tomar com relação a mecânicas de jogo (como possibilidade de alterar a aparência do protagonista). A Rockstar deveria considerar tanto a opinião dos jogadores durante o processo de criação de seus games? E por que não? Que eu saiba, games ainda custam dinheiro então, nada mais matural que direcionar um produto ao público certo. Claro que ela não pode deixar que isso prejudique o processo criativo.
    Não recrimino o fato do GTA 5 ser inspirado no San Andreas, e sim o fato da empresa tirar o doce da boca dos consumidores (que esperavam um jogo maior em todos os aspectos) e depois vir com essa de "agora nós sabemos do quê vocês precisavam".
    Pegue a série Castlevania, por exemplo. Seria puro fan service fazer um game com Alucard, correto? Mas, sendo um fã do jogo, você acharia isso algo realmente ruim? Eu não, desde que ele fizesse jus ao jogo no qual foi inspirado, o Sycmphony of the Night.

    ResponderExcluir
  6. Vc sabia que vc pode jogar com alucard em Dawn of Sorrow?

    Bom no caso eu concordo com a sua afirmação que gta 4 é inferior ao San Andreas(exceto na questão de fisicas,controle de carros e nos tiroteios,que mesmo sendo mediocres ainda são bem superiores ao de San andreas).Eu só não acredito que os desenvolvedores achem que GTA4 seja um fracasso pelos motivos citados no meu comentario anterior.Afinal de contas,é apenas a nossa opinião contra o metascore de 90+ que o jogo conseguio ganhar.E mesmo que San Andreas seja o apice da série,sempre a espaço para melhorias e evolução de mecanicas.Lembremos também que o maior jogo ja feito data de 97 e se chama Elder scrolls Daggerfall.

    ResponderExcluir
  7. Admito que ainda não li seu blog, e não vou dar desculpa alguma.Vou me programar pra conseguir ler.

    Vi também que está precisando de ajuda com o blog, e que é bem intencionado em buscar em vários meios.

    Você comentou em um dos posts do blog em que escrevo, mas você acabou por não responder ao meus comentário que.

    Então me dirijo até você; Me adicione no steam. Mesmo que não vá usá-lo pra baixar nenhum jogo, o chat de lá é muito útil e fácil, e não corre o risco de ninguém pegar o email pra mandar spam.
    Então aqui vai meu login:
    iguuu_Poa

    Basta baixar o steam, que é levinho, e me adicionar. Estou online quase sempre, qualquer coisa que precisar de ajuda, conte comigo. Fiquei muito animado com a repercussão do seu blog nos meios internéticos que costumo freqüentar e espero poder ajudar o máximo.

    OBS: mecho com web, php, html's e mimimis então acredito que serei um tanto útil em sua empreitada.

    OBSS: Jajá volto para comentar sobre o texto.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Rebeca, obrigado por tudo e pelas explanações.
    Adoro essa ideia de meninas falando de games e participando junto com os homens. gosto muito do girls of war. só n tô participando muito dele por falta de tempo por causa do trabalho, mas sempre dou uma xeretada nos posts. valeu pelo carinho.

    ResponderExcluir
  10. Poa, não recebi nenhuma réplica sua, por isso não entrei mais em contato.
    vou baixar o Steam depois e te adicionar. Confesso que nunca usei esse programa, mas vou ver se participo do fórum. realmente estou precisando de ajuda pra dar uma melhorada no visual do blog, e contar com um amigo para isso vai ser muito legal. se eu esquecer em cobra, ok? Não é por desleixo não. Tõ entrando num novo emprego e minha vida tá uma loucura. um abraço.

    ResponderExcluir
  11. Breno, eu me referia a um jogo totalmente dedicado ao Alucard. Sei que em vários jogos do DS é possível matar a saudade do personagem.
    Deve ter muita gente que te considera um chato por ficar apontando os defeitos dos jogos e por você ter essa pre-disposição em ser do contra.
    eu só tenho a lhe agradecer. é de opiniões de pessoas como você que são feitos os blogs. geralmente começo não gostando do que leio em seus comentários e termino concordando com as coisas que você diz. sua participação no blog é muito bem-vinda. assim como a de todos aqueles que tenham algo de interessante a acrescentar. abraços.

    ResponderExcluir

SE FOR SPAM, DESISTA. NÃO PASSARÁ PELA MODERAÇÃO.
Pra comentar é preciso ser membro do blog. Culpe os spammers, não a mim...

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.