.

.
.

quinta-feira, 26 de abril de 2012

MAU EXEMPLO















É triste me sentir forçado a utilizar o blog, um espaço que deveria servir para expressar meu apreço com os jogos, para fazer propaganda negativa de qualquer coisa que seja. Mas, se o post servir de alerta para outros consumidores de games, me sentirei mais do que satisfeito. Começando...

Depois de várias e várias partidas de Street Fighter 4, o herói negro finalmente tombou. Não, não estou me referindo a uma das cores alternativas de um dos lutadores do game citado acima. Falo do controle do meu PS3 mesmo. Decidi, em agosto de 2011, comprar um controle novo através de uma loja na internet, visto que os preços aqui na minha cidade beiravam o assalto à mão armada. Encontrei um site chamado Aikade.com, oferecendo o desejado controle por R$109,00 reais. Claro que suspeitei do valor, pelo menos uns R$30,00 abaixo do que se encontra no mercado, mesmo em sites de venda como Mercado Livre. E pra piorar: frete totalmente grátis. Mas, atraído pela ótima oferta, realizei a compra mesmo assim. Dois dias depois, os Correios entraram em greve, para o meu desespero, me deixando apenas com a certeza de que não teria o prazer de (literalmente) colocar as mãos em meu caro brinquedo nem tão cedo.

A greve dos Correios durou quase um mês mas encontrou seu fim e, pra minha total e completa surpresa, o controle do PS3 chegou uma semana depois, bem mais cedo do que o esperado, tendo em vista que o site dá um prazo de 20 a 30 dias úteis para a entrega do produto.
A Aikade havia passado no “teste de honestidade” a que sempre submeto uma loja virtual. Animado por ter encontrado um site com ótimos preços, todos com frete grátis e com a única desvantagem de ter de esperar um pouco a mais que o normal para receber o produto, decidi realizar uma outra compra no site: um jogo de PS3 no valor de R$69,90. Essa primeira compra se deu no dia 17 de dezembro de 2011.
Não satisfeito com a minha pequena coleção de jogos (o peixe morre pela boca. Nesse caso boca grande, maior que a barriga, como se costuma dizer), realizei uma nova compra no início de janeiro. E uma nada modesta desta vez. O valor? R$359,49. Dinheiro esse que foi gasto com o intuito de recuperar o “tempo que eu havia perdido” enquanto estive parado sem comprar jogos e desempregado, sem poder acompanhar os lançamentos. Até aí, tudo bem. Uma pessoa adulta tem todo o direito de gastar seu dinheiro onde mais lhe convier e, mesmo tendo hesitado algumas vezes e parado para pensar nas implicações de se gastar tal quantia apenas com jogos, eu realizei a compra mesmo assim. Já havia comprado e recebido sem problemas. Amigos meus já haviam comprado e recebido seus games em períodos de tempo até mais curtos do que era esperado. Então, o que podia dar errado? Bem, dizem que só conhecemos um amigo nas horas de dificuldade, e não quando tudo está indo bem. Aqui começa a minha história com uma das lojas mais desrespeitosas, insidiosas e esquivas com o consumidor que está na ativa, vendendo seus produtos na internet livremente.


AÍ, KADÊ?

Passaram-se os dias. O prazo (de 20 a 30 dias) para a chegada do primeiro pedido mais que havia expirado. Começou, então, a minha jornada com o atendimento online da loja para saber o que estava acontecendo. Questionada sobre o destino dos meus pedidos, a atendente apenas informava que podia acontecer o atraso por causa dos Correios (típica atitude de passar a batata quente para as mãos de outro, já que não tem competência de resolver o problema), e que uma reclamação seria feita para que o processo fosse agilizado. Nesse meio tempo, um amigo meu comprou um caríssimo fone 7.1 da Sony, para PS3, pela metade do preço do que se encontra aqui no Brasil. Demorou, mas seu brinquedo caro também chegou, me levando a acreditar que realmente havia ocorrido algum problema com o meu pedido e que a loja já estava tomando todas as providências para resolver. Quem me dera...Decidi, então, pedir o reenvio dos dois pedidos já que, nesse meio tempo, o prazo dado à segunda compra também havia expirado. Questionei como seria feito o procedimento, uma vez que eu já havia efetuado (há meses) o pagamento via boleto bancário. A atendente me instruiu a realizar um novo pedido, dessa vez englobando todos os jogos que continham os dois pedidos juntos. Gerei o novo pedido (que, obviamente, somava os valores dos dois anteriores) e fiquei apenas aguardando que o status do mesmo passasse de “esperando pagamento” para “pagamento aceito” e “pedido enviado”, uma vez que o dinheiro já havia sido pago e tal procedimento tinha sido recomendado por uma das atendentes da loja. Para minha surpresa, o status do pedido não mudava para “pagamento aceito”. Novamente, entrando em contato com uma das atendentes, fui informado de que “havia ocorrido uma diferença no valor do pedido”, o que estava impedindo que o mesmo fosse aprovado. A atendente, claramente, ignorou o fato de que o valor era maior pelo motivo de estar englobando todas as compras anteriores. Eu, já frustrado com a total falta de compromisso da loja afirmei que, se havia alguma mudança de preços em um dos jogos que eu havia comprado, não era problema meu. Na qualidade de consumidor, eu havia pagado por algo e não recebi. A loja que se preocupasse com os detalhes. A atendente se desculpou e me prometeu que o pedido seria enviado, que eu deveria aguardar um prazo de 15 dias úteis para o seu reenvio. Mentira e, ganhou um doce quem falou que os dias se passaram e nada dos jogos chegarem. Para tornar de mais fácil compreensão o problema e toda a frustração passada com essa loja DESONESTA, preciso falar a respeito de um importante detalhe:


O ATENDIMENTO ONLINE DA AIKADE


O atendimento da loja se dá por meio de telefones, nenhum deles na minha cidade ou capital do meu estado, como era de se esperar. Outra forma de contato com a loja seria através de e-mail. Pena que nenhum dos e-mails que eu enviei foi respondido. Quando indaguei o fato a uma das atendentes, a mesma me passou um e-mail que seria de um dos responsáveis diretos pela gerência da loja. Enviei dois e-mails a essa pessoa, que pareceu não se compadecer do meu problema e nunca se deu ao trabalho de me responder.
A forma mais prática e rápida para manter contato com a loja, por assim dizer, é através de um bate-papo online (que funciona de segunda a sexta). O problema é que as mensagens enviadas por mim levavam uma média de quatro minutos para serem respondidas (chegando a acontecer da conexão com a atendente cair por falta de resposta) e, toda vez que era preciso retomar a conversa, precisava explicar tudo de novo, mesmo sendo atendido pela mesma pessoa. Tive que utilizar o control+c e control+v várias vezes, a fim de economizar um pouco da minha (já escassa) paciência com a loja. De fato, em uma das últimas vezes que tentei contato, tive a nítida impressão de que a atendente “derrubou” a minha conexão, quando lhe perguntei quais motivos eu teria para acreditar em mais um prazo que a mesma havia me dado. Total falta de respeito e consideração com o consumidor.


CONTINUANDO...

O novo pedido não foi aprovado, como havia prometido a atendente. Revoltado, frustrado e já desistindo de esperar por algo que nunca chegava, solicitei o estorno (devolução do valor) dos pedidos. A atendente pediu meus dados bancários para que fosse feito o depósito, e um prazo de oito dias úteis para a transação. Oito dias úteis para realizar uma transferência bancária? O engraçado é que não levou mais que dois dias para que o meu dinheiro entrasse na conta da loja, por meio do boleto bancário. Estranho, mas tudo bem. Que outra opção eu tinha a não ser, mais uma vez, esperar por um pouco de bom-senso por parte da loja?
Pra tentar resumir as coisas e evitar que o texto se torne demasiado longo para o leitor, posso resumir que, do meio do mês de março para cá, venho recebendo promessas e mais promessas de que o valor do estorno será depositado na minha conta bancária, promessas essas regadas a vários e vários “oito dias úteis” de espera.

Na segunda feira desta semana, dia 23 de abril, entrei em contato com a loja novamente, pois o último prazo dado (até a sexta, dia 20 de abril) havia expirado novamente. A atendente se desculpou, mais uma vez jurando de pés juntos que o meu caso “seria enviado à gerência com certa urgência”, e que o valor seria depositado, sem falta, até a quarta-feira, dia 25 de abril. Hoje, totalmente (e naturalmente) incrédulo, fui conferir a minha conta. E adivinhem só: NADA DO VALOR TER SIDO DEPOSITADO.


A NOVELA ESTÁ LONGE DE TERMINAR

Mais uma vez, fui ao atendimento online da loja. Depois de ter de explicar a situação toda novamente, e de aguardar mais de quatro minutos e várias respostas como “aguarde um momento por favor”, informei à atendente que prestaria uma queixa no Juizado Especial Cível, mais conhecido como Tribunal de Pequenas Causas. A mesma, mais uma vez, prometeu que o caso seria levado à gerência com urgência. Eu agradeci, e informei que ficaria aguardando o dinheiro entrar em minha conta, e que gostaria de ser avisado via e-mail quando isso acontecesse, mas que iria prestar a queixa contra a loja mesmo assim.
Caso o dinheiro entre na minha conta, eu cancelarei a queixa pois, diferente da loja Aikade, sou honesto e só quero o meu dinheiro de volta para exercer o direito de comprar em um estabelecimento que cumpra com o prometido.
Na queixa, como é de direito, solicitei a devolução em dobro dos valores corrigidos. Um preço bastante baixo a pagar, tendo em vista toda a frustração, desconsideração e desrespeito aos quais fui submetido.
Como disse, a novela está longe de acabar, pois a audiência só ocorrerá em alguns (longos) meses. Duvido que, nesse meio tempo, o meu dinheiro seja devolvido da forma como deveria ter sido há bastante tempo.
Fica aqui o meu conselho para quem estiver lendo: NÃO COMPREM PELO SITE AIKADE.COM. É UMA LOJA TOTALMENTE DESRESPEITOSA COM O CLIENTE, QUE PARECE INSTRUIR AS SUAS ATENDENTES A LUDIBRIAR E ENROLAR O CLIENTE QUE PRECISA RESOLVER UM PROBLEMA. NÃO SE ILUDA PELA PROMESSA DE PREÇOS BAIXOS. É MELHOR PAGAR MAIS CARO, INCLUSIVE COM FRETE, DO QUE PAGAR POR ALGO E NUNCA RECEBER. PRECISAR DE AMPARO DE UMA EMPRESA QUE DEVERIA SER SÉRIA, MAS TE TRATA COMO UMA CRIANÇA QUE NÃO TEM COMO SE DEFENDER E QUE NÃO TEM CIÊNCIA DOS SEUS PRÓPRIOS DIREITOS, É UMA COISA TÃO FRUSTRANTE QUE FICA DIFÍCIL EXPOR COM PALAVRAS.

Peço desculpas aos leitores do blog, por me desviar do seu verdadeiro ideal mas, se isso servir de aviso para outros consumidores, então tenho a sensação de dever cumprido. A metáfora do amigo, que citei no início do texto, também se aplica nesses casos. Não pense que conhece uma loja porque todas as suas transações com ela deram certo. Você só vai conhecer a verdadeira natureza de uma loja como a Aikade quando estiver diante dos problemas.

Certa vez, comprei um jogo de PS3 em uma loja na internet. Eu já havia realizado várias compras nessa loja, sem haver ocorrido nenhum tipo de contratempo. Acontece que esse jogo veio com a capa rasgada, mesmo sendo novo e estando lacrado. BASTOU UM E-MAIL PARA QUE A LOJA ENTRASSE EM CONTATO COMIGO DIRETAMENTE POR TELEFONE, INFORMANDO QUE RECOLHERIA O PRODUTO E ENVIARIA UM NOVO. E assim foi feito. Me enviaram uma cópia do jogo em perfeito estado, sem nem sequer questionar se eu havia sido responsável pela avaria do jogo antigo.
Numa outra ocasião, paguei um jogo via transferência bancária mas, por pura falta de atenção, não incluí o valor do frete. A loja, mais uma vez, ligou para a minha casa me informando do problema e tudo foi resolvido, da forma mais rápida e amigável possível. O nome dessa loja? Infelizmente, não posso informar sem fazer propaganda gratuita, mesmo que eu fique extremamente tentado a fazê-lo. Mas, se você é um daqueles garotões que jogam games, já deve ter comprado nessa ótima loja algumas vezes.

E é isso. Gostaria que todas as lojas tivessem a transparência, objetividade dessa e de algumas outras lojas sérias que eu conheço, via sites como Mercado Livre. Lojas em que ponho a minha mão no fogo. Empresas que sabem que a melhor maneira de cativar o cliente não é se apossando de seu dinheiro o mais rápido possível, e sim tratando-o com respeito e honestidade. Fica o aviso. Espero que a minha novela acabe bem.

Au Revoir!

2 comentários:

  1. eu compro na proximo games por isso.. pego e recebo e nao tem treta! quem quiser tentar eu to recomendando mesmo... www.proximogames.com.br

    ResponderExcluir
  2. augusto, não gostei muito dos preços da proximo games não. a variedade de jogos também é bem pequena. mas valeu pela dica. de qualquer forma, vou levar esse problema com a Aikade como uma lição (de não gastar tanto dinheiro com jogo de uma vez só), e dar uma maneirada nessa coisa de comprar jogo, principalmente lançamento (são bem carinhos, e como dinheiro não se brinca, a menos que você seja político rsrsrs).

    ResponderExcluir

SE FOR SPAM, DESISTA. NÃO PASSARÁ PELA MODERAÇÃO.
Pra comentar é preciso ser membro do blog. Culpe os spammers, não a mim...