.

.

segunda-feira, 9 de abril de 2012

CORAÇÃO ACELERADO

















Finalmente, em entrevista à revista japonesa Famitsu, o diretor e produtor Tetsuya Nomura declarou que está trabalhando no terceiro game da série Kingdom Hearts, paralelamente ao desenvolvimento de Final Fantasy Versus XIII.
Após anos de espera (boatos sobre o desenvolvimento de um possível Kingdom Hearts 3 começaram a aparecer desde 2009), algo de concreto sobre o desenvolvimento do jogo é revelado aos fãs.
De acordo com a entrevista, o jogo contará a história sobre o "final do reinado de Xehanort". Sinceramente, a história dessa série é tão complexa e difícil de entender que, no exato momento, não consigo me recordar das informações necessárias para que eu chegue à conclusão de que deveria estar bastante empolgado com o fato.
De qualquer forma, fico muito feliz que uma das minhas franquias favoritas de todos os tempos esteja despertando de um longo sono. Mesmo que seja na base da ressuscitação cardíaca.
Kingdom Hearts é uma das séries mais mal compreendidas e prejudicadas pelo preconceito bobo de que se trata de "joguinho pra criança", por causa do óbvio elemento Disney. E, tendo Testsuya Nomura como diretor e produtor do terceiro jogo da série, só posso esperar um Kingdom Hearts tão bom quanto o último exemplar da espécie, o Birth by Sleep. Coração acelerando...

Au Revoir!

2 comentários:

  1. "Kingdom Hearts é uma das séries mais mal compreendidas e prejudicadas pelo preconceito bobo de que se trata de "joguinho pra criança", por causa do óbvio elemento Disney"

    Eu nunca joguei este game devido aos elementos "infantis" e bater com uma "chave",Disney e a velha mania desta empresa ter o "Toque de Midas", quer dizer, "Toque de Merdas", tudo que ela coloca a mão faz merda, vide vários filmes que quebra a cara fazendo cagada mas mesmo assim leva um dinheiro, porém, pelo que parece com este game foi diferente, mas realmente, nunca cheguei perto dele. Quem sabe em uma continuação eu jogue.

    Final Fantasy é outro caso sério, o jogo, na minha opnião, depois do 7 que foi o épico e só reconheceram isso anos depois teve os posteriores que foram apenas interessantes,agora os 13 I e II, muito péssimos, mas sempre que se fala de FF todos mesmo sem olhar colocam a famosa nota 10 na cabeça, vide as milhares de revistas que mesmo o jogo pecando muito colocaram 9.0+ só porque leva o título FF. O que mais gostei de todos foi um que eu sei que não verei nunca mais, o Tatics.

    ResponderExcluir
  2. Rodrigo, você faz parte da grande maioria que perdeu de jogar um jogasso por causa do preconceito. primeiro de tudo: KH É um jogo mais voltado para o público infanto-juvenil. aceitando esse fato, vc estará pronto para acompanhar uma das mais bonitas histórias de amizade que já foi contada em um game. segundo: KH, tirando as bases que esse estúdio possibilitou, não tem nada a ver com a Disney. é justamente por isso que o jogo é tão bom: por que tem elementos Disney sob o policiamento da Square-Enix. nada de musicais (com uma raríssima exceção no segundo jogo, muito bem dentro de contexto, por sinal); macacos falantes ou personagens irritantes tentando roubar a cena. nem posso falar muito sobre o todo que é Kingdom Hearts. mas, se vc gosta de rpgs e deixou de jogar por que achava que a sére era mais uma porcaria Deisney, só posso lamentar. KH pode e deve ser curtido por qualquer faixa etária. aliás, ser cosmopolita é uma das características (além da alta dificuldade) dessa série.

    ResponderExcluir

SE FOR SPAM, DESISTA. NÃO PASSARÁ PELA MODERAÇÃO.
Pra comentar é preciso ser membro do blog. Culpe os spammers, não a mim...

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.