.

.

quinta-feira, 12 de julho de 2012

UMA PORTA QUE SE FECHA

Depois de quase um mês trancado nos corredores e salas da Aperture, consegui concluir a minha estada no complexo científico-industrial.

Foram muitos tiros de Portalgun; muitas quedas de alturas mortais que não causavam nem um arranhão em minha adorável e silenciosa protagonista. Muitos cubos; tiros de Turret no traseiro e escorregadas e mais escorregadas em gel de contato, com direito a três efeitos, cores e sabores diferentes.

Agora, meio que dominado por uma espécie de Síndrome de Estocolmo, começo a sentir falta de Weatley e seu apressado sotaque britânico. Também sentirei saudades de GLaDOS e seu cinismo cruel.
Para me torturar ainda mais, a inteligência artificial me surpreende com seus dotes de cantora com um clipe na passagem dos créditos, quase conseguindo me arrancar lágrimas de aflição e saudade. A canção de GLaDOS seria ainda mais triste, se não fosse recheada de humor negro e muito cinismo.

Ao final de Portal 2, finalmente temos a recompensa tão desejada desde o início da partida. Recompensa essa que é das mais simples, mas nem por isso menos valiosa: a liberdade. Só não imaginava que algo como a liberdade da minha personagem seria recebida por mim com tanta tristeza e saudade prematuras. Se fosse por mim, me deixaria ser tomado pelo total sentimento de egoísmo e continuaria testando infinitamente, assim como nos planos iniciais de GLaDOS.

Enfim, quero apenas desejar uma boa sorte à GLaDOS (espero que tenha encontrado o exemplar de testes perfeito com quem tanto sonhou); a nossa heroína silenciosa (que consiga se adaptar ao estilo de vida da “terrível” utopia alcançada ao se libertar de Aperture) e a Weatley (em suas férias no espaço sideral, na companhia de seu colega robótico que só sabe salientar que está no espaço).
Meus amigos, espero revê-los
 em Portal 3.

Parece que foi ontem...












Au Revoir!

18 comentários:

  1. Peguei este jogo hoje na Steam por R$7,00, vi e li muito dele, dizem ser muito bom, deposi de explodir alguns zumbis no Left e conseguir alguns Decks em Magic 2013 irei ver este mundo. Shadow, ele é bom mesmo?

    ResponderExcluir
  2. "Shadow, ele é bom mesmo?"

    Depende, Rodrigo. Se você gosta de jogos de quebra-cabeça, com certeza vai gostar muito de Portal 2. O primeiro eu ainda não joguei, mas o Breno disse que ele é mais difícil que o segundo. Tenho calafrios só de pensar, pois alguns enigmas do Portal 2 conseguiram a façanha de me deixar trancado por mais de vinte minutos. Se você gosta deste gênero; tá com o inglês em dia e tem predileção por humor negro e cínico, recomendo esse jogo com todas as letras. Você não vai se arrepender, pode confiar. O curioso é que eu peguei arrasa-quarteirões como Mass Effect 3 e Batman Arkham City, mas fui fisgado por pela mecânica simples de Portal 2. Espero que haja o 3.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comprei Shadow, R$7,00 por um jogo destes, merece! Vou instalar e amanhã jogarei um pouco, gosto destes jogos de puzzle, que tem que pensar, vi uns vídeos e realmente parece ser bem legal. Mass Effect 3 eu tenho aqui, joguei 5 horas, achei o jogo muito bom, mas parei com ele, como tava jogando o 2 fiquei um pouco enjoado. Batman logo eu jogarei.....logo....

      Excluir
    2. Não disse que Portal 1 é mais dificil! Talvez ambos tenham o mesmo desafio! O problema é que quem jogou o primeiro fica com uma sensação de deja vu com a sequencia! O que não me agradou em Portal 2 foi a sensação de mais do mesmo que ele emana nas suas mecanicas,e até mesmo nas piadas e narrativa!

      Não é um jogo ruim,mas o que me espantou foi o hype desproporcional que esse jogo recebeu da midia e dos jogadores! Pra mim isso é um sinal dos tempos!

      Excluir
    3. realmente, hype é o pior veneno para qualquer coisa. não tinha lido muito sobre ele antes de jogar, então não fui prejudicado.

      Excluir
  3. Marcos A. S. Almeida12 de julho de 2012 23:07

    Realmente , é um grande jogo.Tanto que fechei o "piratex" e recentemente adquiri ele numa fantástica promoção do Steam.Eu não podia ficar sem a versão original desse clássico e também porque fui presenteado com o primeiro pelo próprio Steam.Mas acho que você cometeu a injustiça de não citar o Cave Johnson.A voz característica e o humor sarcástico estão em minha memória até hoje.Eu acho que cometos o pecado de jogar primeiro Portal 2 e acho que o primeiro não terá tanta graça.Espero estar errado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não é que eu tenha me esquecido do Cave johnson (nome escroto). é que tem outros personagens com os quais me identifiquei mais, como a Caroline. ainda não joguei o primeiro, mas espero fazê-lo um dia.

      Excluir
  4. Shadow,

    Meus primeiros 15 minutos - (Jogo é em Português) Muito engraçado o Whetley, achei bem legal no início os exercícios físicos que cita para apenas conhecer as teclas de movimento. O que achei mais bacana, na Steam (programa de distribuição de jogos por download e administração dos mesmos da Valve) tem o Steam Workshop, onde ja foi liberado o programa da própria Valve para criar as telas e também dar download das telas criadas por fâs, achei bem interessante, ainda mais no modo cooperativo. Continuarei, valeu pela dica de jogo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que você gostou dele. joga até o fim que vale a pena. se possível, tenta passar dos desafios sem ajuda (leia-se: youtube ou google). fica mais divertido e recompensador. até porque ele não é impossível. um pouco de planejamento e paciência e você consegue passar pelas salas sem muitos problemas, isso eu gostei muito nele, pois não é um jogo sacal que exige que você seja um engenheiro da computação formado em astrofísica para resolver os enigmas.
      sobre o Batman, ao qual você se refere? Asylum ou City? se não jogou o primeiro, me sinto na obrigação de indicar a você e a qualquer pessoa que joga videogames. esse jogo não só é o melhor jogo de super-herói de todos os tempos como é um dos cinco melhores dessa geração. tô preparando um review supremo dele, mas quero jogar um pouco do City pra ter u parâmetro de comparação. nunca fui muito fã do Batman, mas depois desse game fica difícil não gostar dele.

      Excluir
    2. Shadow, jogando o Portal, parei na parte que temos uma surpresa com o Whitley e estamos em paste da fábrica com construção datada em 1962 (se não me engano era este ano em uma parede), realmente fiquei surpreso com a revira volta mas ainda quero entender muito pois ainda estou no ar com muitas coisas! Até este ponto não vi dificuldade no jogo, teve apenas uma parte que fiquei uns 10 min máx para passar, mas como você disse, é questão de prestar a atenção e entender a física do jogo mesmo.

      Cara o Batman Asylum eu ja tinha terminado no PS3, eu peguei o City (promo da Steam com as DLC's bem barato), joguei uns 10min apenas mas já fiquei de boca aberta com a qualidade gráfica, de longe minha engine de jogos preferida é a Unreal Engine, logo a Frostbite 2 e a RAGE. Logo voltarei ao Batman, depois de sair do frenético Left 4 Dead e Magic 2013.

      Excluir
    3. Shadow, lembra que conversando sobre New Vegas falei que se encontrase por um bom preço eu pegaria, pois sempre foi caro? Saiu uma promo da Steam da versão Ultimate com todos os DLCs por U$9,99, peguei e quando eu puder irei jogar.

      Excluir
    4. vai jogando que algumas coisas ficarão mais claras no enredo.

      sobre o New Vegas, que bom que você conseguiu comprá-lo. essas promoções do Steam são coisa de outro mundo, não acha? jogaço original por dez dólares!
      não tô conseguindo achar a ultimate edition com legendas e áudio em inglês. alguém me disse que as expansões não foram lá muito bem recebidas, mas quero julgar por meio dos meus próprios conceitos que tenho do jogo.

      fico feliz por você com relação ao Batman. sabia que tem uma esfera do inferno de Dante exclusiva para aqueles que jogaram o Arkham City antes do Arkham Asylum? brincadeiras de lado, um jogaço. ainda não deu AQUELA vontade de jogar o City, pois Mass Effect 2 tá me monopolizando de uma forma que nunca pensei que aconteceria. mas pelo que vi do começo, que você joga com Bruce Wayne, vem coisa muito boa pela frente. sabia que a Rocksteady tá preparando um prólogo do Asylum com participação da Liga da Justiça? só de pensar já entro em frenesi de expectativa...

      Excluir
    5. Steam está arrebentando mesmo. Vi que tem muitas DLC's, ao estilo do Fallout 3, gosto disso, as da Bethesda pelo menos, mesmo adicionando conteúdo curto ou não muito atrativo ainda é original e como disse, gosto desta adição de armas, e outros, principalmente história independente da qualidade.

      Da esfera de Dante foi hilária, o City pelo que joguei de início é tenso! Legal que ta gostando do Mass 2, lembro que no seu post falando de Mass eu comentei algo como "vai jogando e verá", o jogo é muito bom, o 3 em mecânica é bem melhor, a escolha das habilidades é muito original, pode dar estilos diferentes de jogo ao mesmo personagem, gosto disso.. Vi sobre o novo Batman, vi algo que será em torno de 1960, e terá início sim do Batman com a liga da justiça. Cara, já prevejo a Rocksteady mandando um Liga da Justiça em um futuro, mesmo sendo leitor de Marvel e preferindo seus heróis por serem mais "humanos".

      Excluir
    6. se as grandonas dos games tivessem o mínimo de juízo, transformariam a Rocksteady na desenvolvedora oficial de jogos de super-herói. o incrível é que ela só fez UM jogo antes do Asylum, o Urban Chaos: Riot Response, e de cara já emplaca um clássico moderno.
      de quadrinhos de super-herói (os rotulados não-adultos) sempre gostei mais da Marvel também, apesar de que um DC vs Capcom seria muito bem-vindo rsrsrs. você já viu o novo do Spiderman? cara, uma cópia do Asylum. pena que esqueceram de copiar a qualidade...

      Mass Effect 2 é muito bom mesmo. tô preparando um super texto (acho que já é a décima vez que digo isso. por isso não sai muito post nesse blog. todos são super longos rsrsrs) sobre ele, depois que terminar. já tô perto, na Suicide Mission.

      Excluir
    7. Rocksteady virou referência mesmo. Vi o jogo do Spider sim, mas cara, pelo que vi deram uma pisada de bola, as teias no céu são complicadas fora outras coisas, mas parece ser um jogo bacana, é que assim, o aranha é um "herói" bacana, gosto bastante no Gibi, mas nos games acho que tem heróis mais legais, queria ver um jogo do Eco (ok, desconhecido, mas maneiro seu estilo)ou do Capitão, aos modes da rocksteady.

      Mass Effect é quase perfeito. Está no final, eu gostei muito do 2, achei a história muito boa, tem gente que reclama que o jogo tem bastante diálogo, bom, eu gosto, é muito bom escolher as opções e definir o game com respostas e postura no jogo. Aguardo seu Review e posso apostar que irá falar muito do Ilusive man e a Cerberus, acho eles um ponto muito interessante e político do jogo, aliás, Mass Effect é pura política.

      Excluir
  5. Terminei Portal 2, muito legal e ele respondeu as duvidas que eu tinha a começar o jogo, concluo que a Valve deve ter algum Físico na equipe, visto Portal e os Half Life. Agora vou ver se faço algumas telas nele para brincar, vou ver alguém para jogar o Cooperativo, falam que é muito bom.

    Agora vou dividir meu tempo entre New Vegas, Batman e Left 4 Dead 2.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. engraçado, mas poucos jogos (como Bioshock 2) me despertam curiosidade quanto ao multiplayer online. você acredita que nunca tentei jogar Dead Island na rede?
      L4D eu não sei muita coisa, só dos gráficos, que não gostei muito. agora entre o Batman e o New Vegas é como ter que escolher entre dois filhos rsrsrs: impossível. que bom que você tem tempo para alternar entre os dois, que são jogaços. cruza os dedos para o Portal 3. quem sabe se muitas pessoas fizerem isso ele não se torne realidade rsrsrs.
      abraço.

      Excluir
  6. Eu sempre foco em jogar game em multiplayer pois eu e meus amigos (somos 4 no total) temos geralmente mesmo tempo do dia para jogar, ai da para combinar tudo certinho. Dead Island e Left 4 Dead são jogos que é primordial jogar On-line, é outra coisa, Left realmente tem gráficos medianos meio cartunizados, pouco desenvolvimento focado (porém o jogo é antigo e até hoje tem DLCs sendo lançadas, detalhe, de graça, este mês sairá mais uma) mas quando jogado em multi, cara, é demais, muitas risadas e tensão, pois o game é frenético! Então Shadow, Batman é demais, mas eu vi que precisa se focar muito nele, muito mesmo, e os meus amigos inventaram de jogar Darkspore, ai já viu, estou aproveitando o mês de Julho, pois para jogar assim de novo só no final do ano. Portal 3 vai sair, certeza.

    Achei muito interessante no Portal que os robôs tem um senso de sentimento quase humano, mas tudo determinado por lógica, legal os conflitos que são gerados neles, que, pelo que entendi, Glados aprendeu muito como Caroline ao lado do Cave Johnson, a história é bem complexa, mas cara, muito bom. Jogarei de novo para dar mais atenção a história, realmente, jogar, ler português e ouvir inglês atrapalha qualquer um rsrsrsrs.

    ResponderExcluir

SE FOR SPAM, DESISTA. NÃO PASSARÁ PELA MODERAÇÃO.
Pra comentar é preciso ser membro do blog. Culpe os spammers, não a mim...

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.