.

.

quarta-feira, 3 de junho de 2015

O OITAVO ENGENHEIRO

























Alien Isolation é um dos melhores jogos que joguei nos últimos dez anos. Se houvesse uma forma de colocá-lo em uma categoria superior à de Review Supremo aqui no blog, com certeza eu o faria (mesmo que na parte técnica ele não seja 100% perfeito). Talvez ele não seja o melhor FPS que eu já joguei, mas levando em conta que ele nem é um FPS, e que faz mais pelo gênero de stealth (s suspense) que qualquer outro jogo que eu já tenha visto, eu posso afirmar sem sombra de dúvidas que ele é o melhor jogo da franquia Alien de todos os tempos (como eu já havia afirmado no meu texto definitivo sobre o game). Apesar de ter uma imaginação pra lá de fértil (e das especulações sobre futuros jogos da franquia que eu fiz no Review Supremo), não consigo imaginar Alien Isolation de uma forma diferente que o jogo criado pela Creative Assembly. E esse é o melhor elogio que eu poderia tecer sobre alguma coisa...

Depois de terminá-lo pela quarta vez e fazer simplesmente tudo que havia pra se fazer (isso inclui lista de troféus e uma bela platina com a imagem do clássico ovo da série), a vontade de revisitar os corredores apertados da Sevastopol ainda me "assombra". E isso acontece pelo simples fato de que Alien Isolation é O jogo de videogame com o melhor design de fases e atmosfera que eu já joguei ao longo dos meus 33 aninhos de vida. De fato, ao passear pelos cenários do game, meu cérebro se recusa a aceitar o fato de que aquelas construções tão sólidas e cheias de detalhes não passam de meros zeros e uns. A impressão que fica é que a Sevastopol existe de verdade, na forma de uma casinha de bonecas que se encaixa perfeitamente nas dimensões da minha TV.

Diante de milhares de jogos finalizados e de tantos favoritos, ter a certeza de poder escolher O melhor de uma categoria é algo que não acontece com muita frequência, e é com muita felicidade que eu atesto que o game em questão é mais do que merecedor do título. Aos futuros jogos que jogarei, está lançado o desafio de me surpreender nesses quesitos (design de fases e atmosfera) e superar um difícil oponente.

Tenso...


Mas para não embromar mais do que o de costume, gostaria de deixar os leitores com dois vídeos bem especiais para mim. O primeiro foi um achado que chegou as minhas retinas através do site Neogamer (que faz parte da minha lista de blogs; é só olhar no final da página): um post mostrando como seria a versão de Alien Isolation em terceira pessoa.

Sobre essa questão, se a minha opinião importa, eu posso afirmar que qualquer alternativa escolhida pelos criadores teria me deixado tão satisfeito com o jogo quanto eu estou até agora, visto que o gameplay em terceira pessoa parecia ser tão bom e bem-acabado quanto a versão final, em primeira pessoa (meu gênero preferido de jogo, só pra não deixar passar). Inclusive, essa versão parecia estar em um estágio bastante avançado de desenvolvimento, pois o visual do Alien, dos cenários e dos efeitos de iluminação é muito próximo do que vemos na versão em FPS.

Aqui vai o link para o post original do Neogamer, pra quem quiser (eu recomendo) ler a matéria na íntegra. Abaixo segue apenas o vídeo, pra quem não quiser fazer as honras e pular direto "pro que interessa".



O segundo vídeo é mais uma declaração de amor feita por esse que vos escreve, mostrando (em ordem de aparição) todas as armas, traquitanas e localidades interessantes e surpreendentes que me fazem pensam em dar mais algumas voltinhas pela Sevastopol, mesmo com tantos outros jogos esperando na fila para serem desbravados.
O vídeo foi feito com muito carinho, por mim mesmo, com várias capturas do meu gameplay no PS4. Deu um trabalhão mas me diverti horrores editando e fazendo as legendas. E, antes que eu me esqueça, o vídeo contém spoilers (de progressão e um pouquinho de história), então cuidado ao assistir.



Au Revoir!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

SE FOR SPAM, DESISTA. NÃO PASSARÁ PELA MODERAÇÃO.
Pra comentar é preciso ser membro do blog. Culpe os spammers, não a mim...

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.